Macron convida o primeiro-ministro líbio Al-Sarraj a Paris

Le Fraper manifestou o apoio da França à recente iniciativa de cessar-fogo entre o governo internacionalmente reconhecido e a Câmara dos Representantes de Tobruk.

1478221
Macron convida o primeiro-ministro líbio Al-Sarraj a Paris

O Gabinete de Imprensa do Conselho Presidencial da Líbia anunciou que a embaixadora de França em Trípoli, Beatrice Le Fraper, falou por telephone com o primeiro-ministro Fayez al-Sarraj.

Le Fraper manifestou o apoio da França à recente iniciativa de cessar-fogo entre o governo internacionalmente reconhecido e a Câmara dos Representantes de Tobruk, um aliado político do líder das forças ilegítimas no leste da Líbia, Khalifa Haftar.

A diplomata francesa enviou a al-Sarraj o convite do presidente Macron para visitar Paris o mais rapidamente possível.

Na sexta-feira passada, o primeiro-ministro líbio deu ordens a todas as forças militares para suspenderem as operações militares e implementarem um cessar-fogo imediato, como necessidade de responsabilidade nacional e política, pelas condições em que o país e a região estão envolvidos, bem como por causa da pandemia.

Al-Sarraj sublinhou que Sirte e Jufra deverão tornar-se zonas desmilitarizadas e disse que os mercenários e soldados estrangeiros devem deixar o país, para que possa haver uma trégua de facto no terreno.

O primeiro ministro líbio reiterou também que as eleições para o Conselho Geral e Presidencial devem ser realizadas em março, de acordo com as disposições da Constituição, com a aprovação de todos os líbios.

O presidente da Câmara de Representantes de Tobruk, Akila Saleh, pediu a implementação de um cessar-fogo imediato e que Sirte passasse a ser a sede provisória do novo Conselho Presidencial.



Notícias relacionadas