Coronavírus: Primeiro Ministro do Kosovo demite ministro do Interior por ter causado o pânico

O Gabinete do Primeiro Ministro anunciou que Veliu manifestou a sua rejeição à posição do Primeiro Ministro do Kosovo, durante um programa de televisão.

Coronavírus: Primeiro Ministro do Kosovo demite ministro do Interior por ter causado o pânico

O primeiro-ministro do Kosovo, Albin Kurti, demitiu o ministro do Interior e da Administração Pública, Agim Veliu, por causa da sua oposição "à posição do primeiro-ministro acerca da proclamação do estado de sítio" e "por espalhar o pânico relativamente ao coronavírus".

O Gabinete do Primeiro Ministro anunciou que Veliu manifestou a sua rejeição à posição do Primeiro Ministro do Kosovo, durante um programa de televisão.

"Ele espalhou o pânico, dizendo que o número de pessoas infectadas aumenta a cada hora. Em contraste com isso, o Ministério da Saúde ou o Instituto de Saúde Pública, não fizeram nenhuma declaração no sentido de que o número de casos de coronavírus irá aumentar” – informou o gabinete do chefe do governo kosovar.

Kurti afirmou que toda a administração pública está a trabalhar para minimizar os danos causados ​​pelo coronavírus. "Todos os responsáveis da administração central, incluindo os membros do executivo, devem agir com cautela nas suas decisões e declarações".



Notícias relacionadas