O coronavírus espalha-se rapidamente por toda a Europa

O número de mortes em Itália subiu para 463.

1375489
O coronavírus espalha-se rapidamente por toda a Europa

AA - O número de casos confirmados de coronavírus na Europa, bem como o número de mortes vítimas da doença, aumentou na segunda-feira, 9 de março.

A Itália é o país mais afetado da Europa, com 463 mortos até agora. Segundo a agência de proteção civil do país, o número de casos confirmados subiu para 9 172, o que o faz de Itália um dos países mais afetados do mundo.

O primeiro ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou que todo o território foi declarado uma "zona vermelha", exceto para situações obrigatórias, no âmbito da luta contra o novo tipo de coronavírus (Covid-19).

A Alemanha anunciou as suas duas primeiras mortes devido ao coronavírus. A agência de notícias alemã DPA, informou que duas pessoas perderam a vida devido ao Covid-19 no estado da Renânia do Norte-Vestfália. O país tinha 1 112 casos confirmados até segunda feira.

O número de mortes por coronavírus em França subiu para 25, com um total de 1 191 casos a serem confirmados no país - informou o Ministério da Saúde no domingo.

O ministro da Cultura francês, Franck Riester, foi infectado pelo novo coronavírus. O seu ministério fez saber que o estado de Riester é estável.

No Reino Unido, as autoridades confirmaram 319 casos e cinco mortes pelo vírus. Na Suíça, as autoridades registaram cerca de 369 infecções por coronavírus e duas mortes.

Por seu turno, mais a sul, em Espanha, há agora mais de 1 000 casos confirmados de coronavírus e 29 mortes confirmadas.

O presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, anunciou que o Executivo lançará o mais rapidamente possível um plano de choque contra o coronavírus e pediu "unidade, serenidade e estabilidade", para combater esta epidemia.

O número de casos confirmados na Grécia chegou a 84 na segunda-feira, enquanto que na Dinamarca o número subiu para 59.

A Bélgica confirmou 239 casos de coronavírus, incluindo 25 na capital Bruxelas, 120 na Flandres e 53 na Valónia. Há um caso de recuperação da doença no país e até agora ainda não se registou qualquer morte devido a este vírus.

O número de casos confirmados de coronavírus aumentou para 321 na Holanda, 131 na Áustria, 59 na Dinamarca, 32 na República Checa e 16 na Polónia.

Portugal tem 32 casos confirmados e o presidente do país, Marcelo Rebelo de Sousa, de 71 anos, cancelou todos a sua agenda durante duas semanas, apesar do seu teste ao coronavírus ter tido um resultado negativo.

O Banco Central Europeu (BCE) relatou o primeiro caso de coronavírus entre os seus funcionários.

Os Estados Unidos já têm mais de 500 casos registados em 35 estados e 21 mortes pelo vírus.

O Canadá registou a sua primeira morte devido ao coronavírus, quando  existem 77 casos confirmados no país.

As autoridades cipriotas gregas relataram os dois primeiros casos do novo tipo de coronavírus. São ambos cidadãos estrangeiros, um de Itália e outro do Reino Unido.

A República Turca do Chipre do Norte (RTCN) relatou seu primeiro caso de coronavírus, que afeta uma mulher alemã.

Muitos países da Europa estão a cancelar eventos públicos para impedir a propagação do vírus. Como parte dos esforços para conter o surto, os governos fecharam fronteiras e suspenderam as viagens terrestres e aéreas com os países mais afetados, incluindo a China, o Irão e a Itália.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o número de mortes em todo o mundo é de cerca de 3 800, com mais de 110 000 casos confirmados. Depois de declarar o surto como uma emergência internacional de saúde em janeiro, a organização atualizou o nível de risco global para "muito alto", no mês passado.

 

(Agência Anadolu + TRT)



Notícias relacionadas