Borrell: “Mais de um milhão de civis foram deslocados no último ano devido aos ataques em Idlib”

Num discurso perante o Parlamento Europeu, Josep Borrell lembrou que a guerra síria faz agora 9 anos.

Borrell: “Mais de um milhão de civis foram deslocados no último ano devido aos ataques em Idlib”

Josep Borrell, o alto representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, disse que mais de um milhão de civis foram deslocados no último ano devido aos ataques em Idlib.

Numa sessão plenária do Parlamento Europeu em Estrasburgo, Borrell lembrou que a guerra na Síria já se arrasta há 9 anos.

“Os ataques em Idlib terminaram com a morte de centenas de civis, sem discriminação. Os ataques contra civis continuam em áreas densamente povoadas. Os responsáveis ​​devem ser responsabilizados ” – afirmou Borrell.

Borrell enfatizou também que mais de um milhão de pessoas foram deslocadas para a fronteira com a Turquia, por causa da operação militar iniciada em fevereiro de 2 019 em Idlib. O responsável europeu considera que este número pode aumentar e destacou que deve ser implementado o acordo de cessar fogo assinado entre Ancara e Moscovo (acordo de Sochi, de 2 018).

"O regime sírio não trará paz nem estabilidade ao país, enquanto mantiver pressão sobre o seu próprio povo e agir de acordo com uma lógica de guerra", afirmou o alto representante da UE para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança.

Por outro lado, Borrell descreveu como sendo "linhas vermelhas" da UE a "normalização do regime sírio" e as medidas que possam disponibilizar "a orientação de ajuda comunitária para o regime ou para terroristas".



Notícias relacionadas