Cinco países da UE aceitaram receber migrantes no navio Open Arms

Migrantes continuam à espera em alto mar há 19 dias.

Cinco países da UE aceitaram receber migrantes no navio Open Arms

A porta-voz da Comissão Europeia, Tove Ernst, disse durante a habitual conferência de imprensa semanal perante os jornalistas que Espanha, França, Alemanha, Luxemburgo e Portugal irão receber os migrantes ilegais a bordo do navio Open Arms.

Ernst salientou que a distribuição dos migrantes ilegais a bordo do navio para estes países irá demorar alguns dias, e serão feitos todos o possíveis para acelerar o procedimento da Comissão da UE.

No início deste mês, o navio da ONG espanhola Proactiva Open Arms, salvou 160 migrantes ilegais em três grupos diferentes e quis desembarcar estas pessoas em Itália e em Malta, como portos seguros. Mas ambos os países responderam negativamente. A Itália proibiu a embarcação de entrar nas águas territoriais italianas, de acordo com a lei de segurança aprovada recentemente. Mas o Tribunal Regional de Administração de Lazio suspendeu a execução da decisão do Ministério do Interior da Itália.

Um bom número de pessoas foram evacuadas do navio devido à necessidade de tratamento médico.



Notícias relacionadas