Estado da Baixa Áustria promulga os "10 mandamentos" para os migrantes

Segundo Welt, estas regras foram elaboradas pelo Ministro dos Assuntos de Asilo, Gottfried Waldhäusl.

Estado da Baixa Áustria promulga os "10 mandamentos" para os migrantes

O Estado da Baixa Áustria preparou regras que os refugiados devem obedecer sob o título "10 Mandamentos da Emigração".

Segundo Welt, essas regras foram elaboradas pelo ministro de Assuntos de Asilo, Gottfried Waldhäusl, que é ao mesmo tempo membro do Partido Liberal da extrema direita da Áustria (FPÖ), um parceiro de coalizão no nível da federação.

"Cada refugiado que vem aqui receberá um documento chamado 10 Mandamentos de Emigração, além dos documentos administrativos convencionais. Mais tarde, os mandamentos serão usados em cursos para contar os valores e projetos de integração do país em 15 idiomas", afirmou Waldhausl.

Entre as regras que os migrantes têm que se inscrever estão:

- Aprender alemão.

-Lealdade à legislação austríaca.

-Adotar os valores da Áustria; educar os seus filhos de acordo com esses valores.

- Resolver a discórdia sem recorrer à violência de maneira pacífica.

- Respeitar a liberdade confessional.

-Impedir que os animais sofrem desnecessariamente.

-Mostrar gratidão à Áustria.

Conhecido por sua posição conservadora na questão da emigração, Waldhäusl ordenou o estabelecimento de um centro de acolhimento para refugiados menores de idade em Drasenhofen, na fronteira tcheca, em 2018. Mas, esse centro foi posteriormente fechado.


Etiquetas: asilo , Áustria , refugiados

Notícias relacionadas