O governo espanhol aprova o aumento do salário mínimo para 900 euros em 2019

É a maior ascensão do SMI desde 1977

O governo espanhol aprova o aumento do salário mínimo para 900 euros em 2019

Madrid, (EFE) .- O Conselho de Ministros aprovou nesta sexta-feira o aumento do Salário Mínimo Interprofissional (SMI) para 900 Euros com entrada em vigor em 2019, o que supõe um aumento mensal de 164 Euros.

O Conselho de Ministros realizado ontem em Barcelona aprovou um decreto real que não precisará de convalidação no Congresso dos Deputados e que, portanto, está em conformidade com o pacto orçamentário acordado com o Podemos para o próximo ano.

A ministra, porta-voz do governo, Isabel Celaá, ressaltou que é o maior aumento do SMI desde 1977 e representa um aumento de 22,3%, beneficiando 2,5 milhões de trabalhadores.

Ressaltou que o salário mínimo espanhol se põe na média com o da Europa e favorecerá 56% das mulheres.

Com esta medida, o Executivo pretende impulsionar o consumo, além de que este aumento salarial significará uma maior arrecadação de contribuições para a Previdência Social.

O SMI anual será de 12.600 euros no próximo ano.



Notícias relacionadas