"Estamos profundamente preocupados com a decisão dos EUA de se retirar do Tratado Nuclear"

Federica Mogherini participou da conferência de imprensa dos ministros da defesa da UE.

"Estamos profundamente preocupados com a decisão dos EUA de se retirar do Tratado Nuclear"

A Alta Comissária da UE para as Relações Externas e Política de Segurança Federica Mogherini expressou profunda preocupação com a decisão dos EUA de se retirar do INF, o Tratado de Forças Nucleares de Médio Alcance, acordado com a Rússia. 

Mogherini antes dos repórteres antes da reunião dos ministros da defesa da UE em Bruxelas disse: "Nós sempre acreditamos que os tratados são importantes e devem ser totalmente implementados. Se houver problemas na sua aplicação, você terá que ajustar as falhas para a sua aplicação, em vez de refazer o processo. Ainda acreditamos que o Tratado das Forças Nucleares (INF) pode ser aplicado com firmeza”.

Se o tratado for cancelado, a segurança da Europa estará em risco, diz Mogherini, acrescentando: "Não queremos que a Europa se torne o campo de batalha de forças externas como aconteceu no passado. Portanto, o INF deve ser protegido e aplicado".

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse no mês passado que retiraria o tratado INF, considerado um dos passos mais importantes para reduzir a ameaça da guerra nuclear e o acordo alcançado com a antiga União Soviética na Guerra Fria. A Rússia, por sua vez, descreveu essa decisão como um passo muito perigoso.



Notícias relacionadas