Primeira condenação na França contra o machismo

Um homem de 30 anos foi condenado a três meses de prisão e multa de 300 euros por crimes sexistas.

Primeira condenação na França contra o machismo

Na França, a primeira sentença de prisão foi imputada no âmbito da lei aprovada há dois meses contra a violência sexista.

A primeira multa foi imposta na cidade de Evry, no sul de Paris, de acordo com o novo regulamento batizado de "lei contra a violência sexista".

Um homem de 30 anos em um ônibus "em estado de embriaguez notável" foi punido com três meses de prisão e uma multa de 300 euros por ter repreendido uma menina de 21 anos.

A lei prevê multas de até 750 euros para comentários sexistas ou degradantes.

O Ministério da Justiça confirmou que este é o primeiro caso condenado no âmbito da lei contra a violência sexista, muito comum nas ruas e nos espaços públicos.

Segundo os dados da ONU, uma em cada três mulheres jovens no mundo se submete à violência física ou sexual.

As últimas pesquisas na França sugerem que 53% das mulheres são vítimas de abuso ou agressão sexual.



Notícias relacionadas