Bélgica poderia dar "asilo" a Puigdemont

"O presidente da Catalunha, Puigdemont, pode solicitar asilo político" na Bélgica, afirmou a Secretária de Estado de Imigração e Asilo da Bélgica, Theo Francken, através da sua conta no Twitter

836483
Bélgica poderia dar "asilo" a Puigdemont

Bruxelas, 29 de outubro (EFE) .- O secretário de Estado belga para Imigração e Asilo, Theo Francken, do partido flamengo da independência N-VA, disse hoje que o ex-presidente da Generalidade, Carles Puigdemont, tem a opção de solicitar "asilo" político "na Bélgica.

"O presidente Catalão, Puigdemont, pode solicitar ao asilo político" na Bélgica, disse Francken através da sua conta no Twitter.

Anteriormente e de acordo com o canal de televisão público flamengo VRT News, o secretário belga do Asilo indicou que a Bélgica poderia ser uma saída para Puigdemont no caso de correr o risco de ser preso.

Por sua vez, o porta-voz do PP no Parlamento Europeu, Esteban Gonzalez Pons, opinou hoje que o Secretário de Estado belga de Imigração e Asilo, Theo Francken, violou os princípios de solidariedade e colaboração na União Europeia.

Gonzalez Pons fez essas declarações depois que Francken disse hoje que o ex-presidente da Generalidade Carles Puigdemont pode solicitar "asilo político" na Bélgica e esse pedido seria "totalmente legal".

"Sem ter nenhum motivo nem competências para fazê-lo, e antecipando qualquer evento, Francken se permite a avaliar um possível julgamento de Puigdemont fazendo acusações sérias contra o sistema judicial espanhol, o trabalho dos juízes espanhóis e o estado de direito na Espanha" disse Gonzalez Pons em um comunicado. EFE



Notícias relacionadas