"Temos de ser entusiastas para manter o acordo entre a UE e a Turquia vivo"

O chanceler italiano, Paolo Gentiloni, referiu-se à crise dos refugiados e do acordo de readmissão assinado em Março entre a UE e a Turquia.

"Temos de ser entusiastas para manter o acordo entre a UE e a Turquia vivo"

O chanceler italiano, Paolo Gentiloni disse que eles têm de ser entusiastas para manter vivo o acordo de readmissão assinado em março passado entre a União Europeia (UE) e a Turquia sobre refugiados.

Gentiloni referiu-se à crise de refugiados. Ele disse que aqueles que pensam que este problema, que começou em agosto de 2015, terminou com o acordo assinado entre a Turquia e a UE em março, cometem um grande erro.

"A crise continua por muitos anos e sabemos que ainda não foi resolvida", disse ele. Além disso, ele transmitiu a necessidade de chegar a um acordo com os países africanos sobre este assunto.

Indicou que estão tentando manter vivo o acordo entre a UE e a Turquia.

"Temos que estar dispostos a manter vivo este acordo, embora não seja fácil. Temos de ser realistas sobre esta questão", disse ele.

Gentiloni disse que o Mediterrâneo sofre uma crise, e expressou sua vontade de cooperar com o governo de Donald Trump, que ganhou a eleição presidencial dos EUA, para adquirir estabilidade na região.

Ele também enfatizou que o problema da Síria pode ser resolvido, não por meios militares, mas pela política.



Notícias relacionadas