Especialistas alertam para desaceleração econômica devido ao COVID-19 e queda nos preços do petróleo

Entre os sinais de alerta está a medida de emergência adotada pelo Fed para reduzir as taxas de juros em 50 pontos base, segundo um especialista.

1376373
Especialistas alertam para desaceleração econômica devido ao COVID-19 e queda nos preços do petróleo

AA - Com o crescente impacto do coronavírus na produção econômica global e com o mais recente desacordo entre a Arábia Saudita e a Rússia sobre a produção de petróleo, os especialistas estão preocupados com a recessão econômica global.

Na sexta-feira passada, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo ( OPEP ), liderada pela Arábia Saudita, e os países produtores de petróleo não membros, liderados pela Rússia, não chegaram a um acordo para reduzir ainda mais seus níveis de produção de petróleo.

Pouco depois, a Arábia Saudita reduziu os preços do petróleo no fim de semana, uma medida bastante agressiva.

Isso resultou na queda dos preços do petróleo em torno de 30% na segunda-feira, um declínio chocante para os mercados mundiais, enquanto as bolsas asiáticas despencaram acentuadamente.

Como o petróleo é um produto industrial e material das empresas de petróleo e energia, a recente queda de preço afetará vários campos, incluindo a química do petróleo, bem como o transporte e o transporte.

Muitos economistas observaram que a Arábia Saudita iniciou uma guerra contra os preços do petróleo, enquanto a disseminação do coronavírus derruba o crescimento da demanda global, o que aumenta os riscos nos mercados mundiais.

Se a Arábia Saudita e a Rússia não conseguirem chegar a um acordo sobre a redução da produção de petróleo, a economia mundial, que já sofreu uma diminuição na demanda devido ao crescente impacto do coronavírus, pode entrar em um período turbulento.

Sinais de alerta sobre recessão

"A economia global entrará em um período de recessão, com o custo do vírus aumentando dia a dia", disse Erhan Aslanoglu, professor de economia da Universidade Piri Reis, em Istambul.

O crescimento econômico global é projetado em 2,5% em 2020, e as taxas de juros e os preços das commodities estão caindo em todo o mundo.

Aslanoglu disse que, com os últimos casos de coronavírus confirmados na Europa e nos EUA, a atividade econômica global está se arrastando para uma maior incerteza.

Segundo o especialista, entre os sinais de alerta está a decisão de emergência tomada pelo Federal Reserve System dos EUA (EDF) na última terça-feira de reduzir suas taxas de juros em 50 pontos base, uma faixa de 1 a 1,25%.
 



Notícias relacionadas