França vai introduzir um imposto verde sobre os voos

Quase todos os voos que partem dos aeroportos franceses estarão sujeitos a uma ecotaxa entre 1,50 e 18 euros para passagens aéreas a partir de 2020

França vai introduzir um imposto verde sobre os voos

A ministra dos Transportes da França, Elisabeth Borne, anunciou que a França aplicará uma tarifa ecológica entre 1,50 e 18 euros para passagens aéreas a partir de 2020, para criar a infraestrutura de transporte mais segura para o meio ambiente em bilhetes de avião.

Em seu discurso após a reunião sobre as medidas a serem tomadas em questões ambientais, presidido pelo presidente francês, Emmanuel Macron, Borne pontuou que o imposto mudará de acordo com o tipo de bilhete e destino.

Segundo Borne, exceções serão feitas para voos para territórios ultramarinos franceses.

Borne disse que a França espera levantar 182 milhões de euros por ano com este novo imposto.

Após o anúncio do titular francês, as ações da companhia aérea francesa Air France perderam 4,5 por cento e as da Lufthansa perderam 3 por cento.

A taxa ecológica é geralmente conhecida como impostos de poluição pela sustentabilidade ambiental para garantir o desenvolvimento sustentável.

Especialistas estimam que o impacto do tráfego aéreo na mudança climática é estimado em cerca de 5%, enquanto o impacto das emissões de CO2 é inferior a 2,7%.

Se os países europeus adotarem o modelo francês, as companhias aéreas terão que pagar um custo adicional considerável.



Notícias relacionadas