Banco Central da Rússia se opõe ao uso de criptomoedas

Anteriormente, o ministro das finanças da Rússia havia dito que as criptomoedas deveriam ser adquiridas e usadas sob o controle do Estado.

Banco Central da Rússia se opõe ao uso de criptomoedas

A governadora do Banco Central da Rússia, Elvira Sajipzádovna Nabiúllina, expressou nesta quinta-feira sua oposição ao uso de criptomoedas no sistema financeiro russo.

Durante sua aparição perante a câmara baixa da Assembleia Federal da Rússia, a Duma Nabiúllina disse que as reservas de ouro e moedas estrangeiras do país aumentaram no ano passado de US $ 430 bilhões para 469 bilhões.

"Graças à disciplina financeira, nossas reservas chegaram a US $ 491 bilhões em 1º de maio. Nos aproximamos da nossa meta de 500 bilhões. Este nível é satisfatório e pode cobrir riscos externos ", acrescentou Nabiullina.

"Não vemos a possibilidade de que as criptomoedas possam substituir os meios financeiros (atuais)", afirmou a governadora.

Anteriormente, o ministro das Finanças da Rússia, Anton Germanovich Siluanov, havia dito que as criptomoedas deveriam ser adquiridas e usadas sob o controle do Estado.



Notícias relacionadas