Kalin: "A linguagem ameaçadora dos EUA contra a Turquia poderia ter um efeito contraproducente"

Como vamos alcançar as metas se você continuar usando uma frase ameaçadora? "Kalin questionou.

Kalin: "A linguagem ameaçadora dos EUA contra a Turquia poderia ter um efeito contraproducente"

O porta-voz da presidência turca, Ibrahim Kalin, participou da 37ª Conferência Anual entre o Conselho Empresarial Turquia-EUA (TAIK) e o Conselho Turco-Americano (ATC) em Washington.

Ao analisar as relações entre a Turquia e os EUA , o porta-voz destacou que "devemos estar atentos com o futuro do assunto".

"A linguagem revestida de 'sanções' contra a Turquia é uma posição que poderia ter saído pela culatra. Temos cooperação substancial com os EUA em muitas áreas. Como pode nós alcançar as metas se você seguir usando um discurso ameaçador?" Kalin perguntou referidno o apoio dado pelos EUA ao grupo terrorista YPG / PKK, um dos problemas mais notáveis entre a Turquia e EUA.

"Neste momento em que estamos fazendo muito grande e bem-sucedida batalha grande proporção contra o PKK em território turco, qualquer apoio dado a YPG / PKK na Síria significa direta ou indiretamente apoio dado ao PKK", disse ele.

O porta-voz Kalin disse que o grupo terrorista FETÖ, que orquestrou o golpe fracassado em 15 de julho de 2016, está agora tentando envenenar as relações turco-americanas.

Quanto às relações com a Rússia, o porta-voz do presidente disse que "as relações turco-russas não representam uma ameaça de qualquer forma contra um terceiro país".

"A Rússia é um parceiro fundamental em nossa região com a qual estamos colaborando em muitos assuntos em termos regionais. Mas nós somos aliados da OTAN e damos grande importância à nossa parceria estratégica com os EUA e a Aliança", concluiu.


Etiquetas: EUA , Ibrahim Kalın , YPG

Notícias relacionadas