Cúpula de Davos, organizada pelo Fórum Econômico Mundial, começa na próxima semana

A cúpula econômica será realizada entre 22 e 25 de janeiro de 2019.

Cúpula de Davos, organizada pelo Fórum Econômico Mundial, começa na próxima semana

A conferência de imprensa foi realizada no centro do FEM, o Fórum Econômico Mundial em Genebra, na Cúpula de Davos, a ser realizada entre 22 e 25 de janeiro. Para a edição 49, participarão do evento o Ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlüt Çavuşoğlu, Ministro das Finanças e do Tesouro, Berat Albayrak, a ministra do Comércio Ruhsar Pekcan e diretor do Banco Central Murat Çetinkaya.

O presidente dos EUA, Donald Trump não vai participar da cúpula sobre o pretexto do governo federal não estar trabalhando atualmente devido à crise orçamental temporária e além dele a primeira-ministra britânica Theresa May, e o presidente francês Emmanuel Macron não estarão presentes na cúpula.

Na cúpula, mais de 60 países estarão representados no nível de presidentes e primeiros-ministros. Entre os participantes a chanceler alemã, Angela Merkel, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, o príncipe herdeiro segundo na sucessão ao trono britânico e duque de Cambridge, William.

Também participação mais de 3.000 líderes empresariais, políticos, acadêmicos e representantes de organizações não governamentais de 110 países.

Klaus Schwab, Presidente do Conselho Executivo e fundador do Fórum Econômico Mundial expressou sobre a cúpula: "É muito importante para nós a participação da geração mais jovem em particular. Metade da população global tem menos de 27 anos de idade. Nós devemos dar origem às suas opiniões".

Schwab disse que metade dos mais de 3 mil participantes serão formados pelos líderes do mundo do trabalho.



Notícias relacionadas