Turquia não permitirá explorações unilaterais de gás natural no Mediterrâneo Oriental

O chanceler turco falou sobre possíveis negociações sobre o Chipre

Turquia não permitirá explorações unilaterais de gás natural no Mediterrâneo Oriental

O ministro das Relações Exteriores turco, Mevlüt Çavuşoğlu, disse que voltar a sentar à mesa apenas para a retomada das negociações no Chipre não faz sentido para nós.

Çavuşoğlu fez esta declaração em seu discurso no simpósio "Direito e Política no Mediterrâneo Oriental" na Universidade de Ancara.

O chefe da diplomacia turca advertiu que a Turquia não permitirá que o lado cipriota grego realize a exploração unilateral de gás natural no Mediterrâneo Oriental e acrescentou:

"Não permitimos que os direitos da Turquia e da República Turca do Norte de Chipre (RTCN) sejam violados."

O chanceler turco assegurou que o lado greco-cipriota mantém unilateralmente seus poços de hidrocarbonetos ao redor da ilha cipriota.

"Estamos definitivamente expressando que não permitiremos isso, somos a favor de compartilhar as riquezas ao redor da ilha e o povo turco tem uma participação aqui", afirmou.

Ao avaliar possíveis negociações sobre o Chipre, Çavuşoğlu disse: "Sentar-se à mesa apenas para a retomada das negociações no Chipre não faz sentido para nós, deve dar resultados concretos".

Çavuşoğlu salientou que a Turquia manterá suas explorações em torno da ilha a convite do RTCN.

"Nós não tentamos lutar com ninguém, mas queremos que as riquezas sejam compartilhadas de forma justa", expressou.



Notícias relacionadas