Países africanos promoverão a criação da zona de livre comércio

“A criação da zona de livre comércio criará enormes reflexões sobre o nível de prosperidade do continente africano, esmagado por guerras e turbulências.”

Países africanos promoverão a criação da zona de livre comércio

A 31ª edição da Cúpula da União Africana, realizada na capital mauritana de Nouakchott, foi concluída.

Paul Kagame, chefe de estado de Ruanda, presidência rotativa da UE, anunciou que o Acordo de Área de Livre Comércio para a África (AFCFTA) tem sido um elemento proeminente da cúpula.

"Cinco outros estados assinaram este acordo. A criação da zona de livre comércio criará enormes reflexões sobre o nível de prosperidade do continente africano, esmagado por guerras e turbulências", afirmou.

O Conselho de Paz e Segurança da UA adotou decisões como conselho sobre países como a Líbia, a Somália e o Sudão do Sul.

"É necessário que os atores internacionais continuem trabalhando para a implementação do plano da ONU para proteger a integridade territorial da Líbia. E no Sudão do Sul, a situação humanitária continua a piorar devido à guerra. A UA apoiará as atividades do governo federal transitório da Somália e solicitou à ONU que financie a Missão da UA neste país.


Etiquetas: União Africana

Notícias relacionadas