Comentários de Burak e Emre após o comportamento desrespeitoso a que foram submetidos na Islândia

A seleção nacional de futebol da Turquia chegou à Islândia para a próxima partida das eliminatórias do Campeonato Europeu.

Comentários de Burak e Emre após o comportamento desrespeitoso a que foram submetidos na Islândia

A seleção nacional de futebol da Turquia viajou para a Islândia para o jogo do Grupo H nas eliminatórias do Campeonato Europeu 2020.

A delegação da equipe nacional partiu em um avião particular de Konya para o aeroporto de Keflavik. Na entrada da Islândia, as autoridades aeroportuárias fizeram com que a delegação esperasse cerca de 3 horas no ponto de controle do passaporte.

Além do controle de passaporte extremamente longo, pesquisas detalhadas foram feitas na bagagem dos jogadores nacionais.

Os jogadores da equipe nacional turca, Emre Belezoğlu, e Burak Yılmaz, mostraram sua reação ao que aconteceu depois de deixar o aeroporto.

Burak Yılmaz disse o seguinte: "Foi desrespeitoso o que eles fizeram, foi rude. Nós esperamos 3 horas. Eles pegaram as malas um do outro, pegaram os objetos como cremes de cada um. Voamos 6 horas e meia e esperamos mais 3 horas no aeroporto. Até mesmo alguns de nossos colegas ainda não conseguiram sair do aeroporto."

O capitão Emre Belezoğlu também falou sobre o assunto: "Eu não quero dizer muito. Que eles são gratos ao nosso país. Eles já farão a explicação necessária. Infelizmente, sim, desde que desembarcamos, eles fizeram buscas desnecessárias."

Por outro lado, um fã islandês esticou uma escova de vaso como se fosse um microfone para o jogador  Emre Belezoğlu. O fã não foi identificado.

Ao finalmente deixar o aeroporto, a equipe nacional foi para o seu hotel em Reykjavik.

A equipe completará seus preparativos com seu treinamento no estádio Laugardalsvöllur, onde o jogo será disputado



Notícias relacionadas