Williams e Sharapova encontram-se na final do Open da Austrália

Serena Williams resistiu a uma barragem inicial de grandes serviços e bolas poderosas de Madison Keys, derrotando-a por 7-6 e 6-2 nas meias finais do Open da Austrália. Sharapova será agora a sua adversária na final do torneio.

Williams e Sharapova encontram-se na final do Open da Austrália

A número 1 do ténis mundial está de novo na final do Open da Austrália, mesmo sofrendo de uma constipação que limitou o seu desempenho nos últimos dias. Para chegar à final, Williams teve de derrotar Madison Keys de 19 anos, que se estreou neste torneio numa meia-final dum Grand Slam.

Esta é a 23ª vez que Williams chega a uma final dum torneio do Grand Slam.

“Ela foi muito forte no primeiro set e eu tive que puxar por todas as minhas forças mentais para a ultrapassar”, disse Williams ainda assolada pela tosse. “Foi um jogo muito frustrante. Tive 9 ou 10 match points e não conseguia fechar o jogo. Isto é uma situação rara, ela jogou como se não tivesse nada a perder”.

Na outra meia-final, Sharapova bateu a sua compatriota russa Makarova por 6-3 e 6-2, alcançando assim a sua quarta final do Open da Austrália.

Na final, Sharapova irá defrontar Vanessa Williams que a derrotou nos últimos 15 encontros disputados entre as duas. Ao longo das suas carreiras, Sharapova e Williams defrontaram-se um total de 18 vezes, tendo Sharapova apenas conseguiu vencer duas vezes.

“A minha confiança é sempre muito alta quando estou numa final do Grand Slam, independentemente de quem seja a minha adversária e do histórico entre as duas”, disse Sharapova na antevisão da final. A russa afirmou também que “não importa, não cheguei à final por acaso. Eu mereço estar lá. Vou fazer tudo o que puder para conseguir o título”.

Williams conta no seu currículo com 18 vitórias no Grand Slam, 5 delas no Open da Austrália. A última presença de Williams na final australiana aconteceu em 2010 e foi carimbada com uma vitória.

Em termos do ranking mundial, Vanessa Williams já assegurou a permanência no primeiro lugar, independentemente do resultado desta final.


Etiquetas:

Notícias relacionadas