À procura de vestígios urartianos no Lago Van

Sabe-se que os urartianos usaram o lago para se deslocarem até alguns pontos da região.

À procura de vestígios urartianos no Lago Van

Começaram os trabalhos para identificar os vestígios da civilização urartiana no Lago Van, no âmbito do trabalho de escavação na Fortaleza de Ayanis, um dos edifícios mais espetaculares dos urartianos (século 13 aC).

Este local destaca-se pelos seus ornamentos, paredes de adobe e alvenaria, construídos há 2 700 anos pelo rei Russa II de Urartu. O local inclui ainda a fortaleza, que está a ser alvo de obras de restauração e escavação iniciadas há 30 anos.

Os estudos liderados pelo Prof. Mehmet Işıklı, um académico do Departamento de Arqueologia da Faculdade de Letras da Universidade de Atatürk, têm como objetivo identificar as possíveis ligações dos urartianos de Ayanis ao Lago Van.

O académico Serkan Gündüz, presidente do Departamento de Arqueologia Aquática da Universidade de Uludağ em Bursa e uma equipa de mergulhadores, procuraram vestígios urartianos nas profundezas do lago.

Sabe-se que os urartianos usaram o lago para se deslocarem até alguns pontos da região.



Notícias relacionadas