Vencedor do Prémio de Fotografia de Istambul mostra as alterações climáticas

O fotojornalista americano espera “criar consciência” sobre as alterações ambientais.

Vencedor do Prémio de Fotografia de Istambul mostra as alterações climáticas

Um dos vencedores do Prémio de Fotografia de Istambul 2 018, espera aumentar a consciência sobre as alterações ambientais com a exposição do seu trabalho em todo o mundo.

O fotojornalista americano Marcus Yam, do diário Los Angeles Times, ficou em primeiro lugar na categoria Histórias da Natureza e Meio Ambiente dos Prémios de Fotografia de Istambul 2 018, com uma série de fotos que mostram palmeiras em chamas durante um incêndio florestal no estado americano da Califórnia, em 2 017.

“Espero que o meu trabalho aumente a consciência sobre o nosso futuro, quando for exposto no estrangeiro” – afirmou Yam à Agência Anadolu durante a abertura da sua exposição na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. Yam disse ainda que as suas fotografias representam “a beleza e o terror dos incêndios”.

O fotojornalista acrescentou também que apresentou o seu trabalho por ser emblemático das “frentes de batalha” das mudanças com que se depara autualmente o ambiente.

“É magnífico estar rodeado de pessoas que sempre apreciaram este meio” – disse Yam.

Yam foi um dos 27 fotógrafos galardoados de 22 países. No total, este concurso de fotografia contou com 37 mil fotos de 125 países.

A fotografia de Damir Sagolj, que mostra um acampamento de refugiados rohinghyas no Bangladesh, foi considerada como a “foto do ano”.



Notícias relacionadas