Teste de coronavírus de cientistas turcos feito com gargarejo

“Desenvolvemos um método que concentra o acúmulo de todo o vírus na garganta e na boca após enxaguar a boca com água por gargarejo”, disse o Prof. Dr. Tanıl Kocagöz

1513505
Teste de coronavírus de cientistas turcos feito com gargarejo

Cientistas turcos desenvolveram um kit de amostragem de gargarejo que aumenta a sensibilidade dos testes de coronavírus em 20 vezes.

O Prof. Dr. Tanil Kocagöz, especialista em Microbiologia Médica e Doenças Infecciosas, falou à Corporação Turca de Radio e Televisão sobre o método que aumenta a sensibilidade do diagnóstico do coronavírus em 20 vezes.

Prof. Dr. Kocagöz chamou a atenção para o fato de que a coleta de amostras de células nasais e bucais é um método que limita a coleta de vírus suficientes e acrescentou:

Em vez disso, desenvolvemos um método que concentra o acúmulo de todo o vírus na garganta e na boca após enxaguar a boca com água e gargarejar. Isso aumenta a precisão dos testes de PCR e antígeno em 20 vezes ”.

O Prof. Dr. Kocagöz expressou que este método elimina o risco de infecção durante a amostragem e acrescentou:

“A amostra retirada após o gargarejo é colocada em um tubo. O comprimido de polímero no tubo se dissolve rapidamente e concentra a amostra. O líquido concentrado é então analisado com o antígeno rápido e o teste de PCR. O processo de concentração da amostra retirada é de cinco minutos. O teste de antígeno após o concentrado dá um resultado rápido em 10-15 minutos ”.

Kocagöz salientou que coletar mais vírus graças à amostra concentrada aumenta o diagnóstico da doença no período inicial e, dessa forma, dá suporte para isolar o paciente muito mais rápido e quebrar a cadeia de contágio ”.

O Prof. Dr. Tanıl Kocagöz disse que com o tempo esses testes de antígeno poderão ser feitos por pacientes em casa.



Notícias relacionadas