Os cientistas concluem que o coronavírus não foi criado pelo homem

“O novo tipo de coronavírus parece muito eficiente em sua nova capacidade; os cientistas concluíram que é impossível para a ciência moderna gerar tanta monstruosidade ".

1381538
Os cientistas concluem que o coronavírus não foi criado pelo homem

A pesquisa publicada pela revista Nature Medicine resume as análises feitas nos dados de séries de genomas comuns e vírus semelhantes em relação ao COVID-19. 

Os resultados sugerem que o novo tipo de coronavírus não foi criado artificialmente ou em um ambiente de laboratório.

Verificou-se que a área de acoplamento do receptor do COVID-19, que é um tipo de "gancho" que se liga às células hospedeiras, evolui para atacar uma certa característica molecular das células humanas. A equipe de pesquisadores acredita que essa evolução não é engenharia genética, mas a conseqüência da seleção natural.

“O novo tipo de coronavírus parece muito eficiente em sua nova capacidade; os cientistas concluíram que é impossível para a ciência moderna gerar tanta monstruosidade ".

Os pesquisadores apontam que o coronavírus pode ter sido transmitido aos seres humanos depois que evoluiu através da seleção natural de um ser não humano, como morcegos, ou melhor, o vírus, que provavelmente não era patogênico antes de ser transmitido ao homem, poderia ter alcançado sua forma letal existente apenas na população humana.

Se a teoria da transferência para o homem em sua forma evoluída for confirmada, isso poderá aumentar as epidemias no futuro.



Notícias relacionadas