Terremoto de magnitude 6,8 sacode a província de Elazig, no leste da Turquia

A agência de desastres do país relata que o terremoto deixou 21 mortos nas províncias de Elazig e Malatya

Terremoto de magnitude 6,8 sacode a província de Elazig, no leste da Turquia
afad elazig.jpg
afad elazig.jpg
umke elazig.jpg
elazığ deprem.jpg
afad.jpg
elazığ deprem.jpg
elazığ deprem.jpg

Um terremoto de magnitude 6,8 abalou a província turca de Elazig, na sexta-feira, de acordo com o Observatório Kandilli e o Instituto de Pesquisa de Terremotos em Istambul, informou a Agência Anadolu.

O terremoto deixou 21 mortos e 1.030 ficaram feridos.

"As equipes de busca e resgate foram enviadas para a região, e mais informações ainda estão por vir", disse o ministro do Interior Suleyman Soylu, acrescentando que alguns edifícios no centro da cidade foram afetados pelo terremoto. 

O funcionário também expressou que as aldeias rurais poderiam ter sofrido danos, sem dar mais detalhes.

O ministro da Defesa Nacional Hulusi Akar disse que o Exército está pronto para agir, se necessário.

Davut Gul, governador da província de Gaziantep, salientou que não houve mortes ou perdas materiais, segundo relatos iniciais, e ofereceu suas condolências aos habitantes locais.

Por sua parte, o governador de Sanliurfa, Abdullah Erin, disse que a situação não parecia séria de acordo com os relatórios iniciais, acrescentando que a agência do desastre entrou em ação logo após o incidente.

Tuncay Sonel, governador da província de Tunceli, pontuou que o terremoto foi sentido na província, mas que não causou grandes danos.

O terremoto também foi sentido em muitas outras províncias, incluindo Adana, Osmaniye, Tunceli e Hatay. 

Além disso, as regiões do norte da Síria, como Idlib, Azaz, Al-Bab, Yarabulus, Afrin e Tal Abiad, também sentiram tremores.

A AFAD, o Crescente Vermelho Turco e a Equipe Nacional de Resgate Médico (UMKE), os bombeiros se transladaram para o local do acidente.

Houve 228 tremores secundários desde o início do terremoto.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, anunciou que todas as medidas foram tomadas para garantir a segurança da vida e expressou sua solidariedade pelas mortes.

O presidente da Grande Assembleia Nacional da Turquia (TBMM), Mustafa Şentop, enviou uma mensagem através de sua conta oficial no Twitter:

 “Meus desejos de uma rápida recuperação a todos os cidadãos das províncias afetadas pelo terremoto com epicentro em Elazig. 

O trabalho e as detecções após o terremoto estão sendo realizados com rapidez pelas instituições relevantes. 

Nosso maior desejo é que o número de mortes não aumente mais. 

”O Ministro da Energia e Recursos Naturais, Fatih Dönmez, anunciou que as equipes estão realizando o trabalho necessário no campo para evitar qualquer falha nos dutos de eletricidade e gás.

O ministro da Juventude e Esportes, Mehmet Muharrem Kasapoglu, disse que solidarizam-se com as vítimas para recuperar a necessidade de alojamento após o desastre. 

"Centros para jovens, centros esportivos e grandes escolas em Elazig e Malatya foram abertos.

"O presidente de Assuntos Religiosos, Ali Erbaş, enviou a seguinte mensagem: "Os habitantes de Elazig e Malatya, que não podem voltar para suas casas, podem passar a noite nas mesquitas adequadas".



Notícias relacionadas