Forte sismo na Califórnia causa feridos e incêndios

Um forte sismo de 7,1 graus atingiu a Califórnia no sábado, deixando feridos e provocando incêndios e danos em estradas e edifícios.

Forte sismo na Califórnia causa feridos e incêndios

O terramoto teve lugar este sábado às 20:19 locais e foi o segundo grande sismo, após outro de magnitude 6,4 que ocorreu na quinta-feira, na mesma região. O epicentro foi registado no Deserto de Mojave, a cerca de 18 quilómetros de Ridgecrest, onde ocorreu o epicentro do terramoto anterior. Desde então foram sentidas várias replicas, uma das quais de intensidade 5,4, que terá causada a morte a algumas pessoas.

De acordo com as estimativas do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que apontam para uma magnitude de 6,9 e 7,1 na escala de Richter, este foi o maior sismo registado no sul da Califórnia nas últimas duas décadas.

Segundo a agência Associated Press, a cidade de Ridgecrest, no condado de Kern, voltou a ser a mais afetada, mas o tremor também se fez sentir em Las Vegas e no México.

A porta-voz do Corpo de Bombeiros do condado de Kern, Megan Person, relatou a ocorrência de "múltiplos feridos e incêndios", sem fornecer mais detalhes.

De acordo com as autoridades, este sismo foi sentido numa área muito mais ampla do que o de quinta-feira, tendo sido registadas falhas de energia em Los Angeles e danos no condado de San Bernardino.

No condado de Kern, Mick Gleason disse que algumas pessoas ficaram feridas, mas não se registaram mortes. Houve pelo menos dois incêndios, mas, segundo o chefe dos bombeiros, nenhum prédio se desmoronou.

Lucy Jones, especialista em sismologia, acredita que haverá mais réplicas: "É claramente um sistema energético".

Tom Heaton, especialista em terramotos do Instituto de Tecnologia da Califórnia, diz que este sismo terá libertado oito vezes mais energia do que aquele que foi registado cerca de 36 horas antes. Segundo o especialista, não haverá relação entre os sismos e a falha de Santo André, a maior e potencialmente mais destrutiva, que vai do Golfo da Califórnia até São Francisco.


Etiquetas: sismo , terramoto , Califórnia , EUA

Notícias relacionadas