Cuba iniciou o ensaio clínico de fase 3 da vacina contra o COVID-19, Soberana 02

Se os resultados forem positivos, a vacina poderá recever a aprovação de emergência em diversos países e ser aplicada nos cidadãos dos países que a aprovarem.

1597657
Cuba iniciou o ensaio clínico de fase 3 da vacina contra o COVID-19, Soberana 02
super covid19 kuba.jpg
Cuba.jpg

(AA)

O diretor de investigação do Instituto de Finlay de Vacinas (IFV) de Cuba, Dagmar García Rivera, disse esta segunda-feira que começou o ensaio clínico de fase 3 da potencial vacina Soberana 02 contra o coronavírus (COVID-19). “Nem mesmo as chuvas caprichosas conseguiram impedir o início da Fase III da SOBERANA (…) Já vacinamos as primeiras pessoas e vamos vencer (sic)” - escreveu García Rivera na sua conta no Twitter.

Cerca de 44 mil voluntários de oito municípios de Havana vão testar a potencial vacina.

“Entre os objetivos do estudo, estão a avaliação da eficácia do produto na prevenção de doenças sintomáticas e, além disso, prevenir que as pessoas evoluam para formas graves da doença ou morram”, indicou a agência estatal Prensa Latina.

Se os resultados forem positivos, a vacina poderá recever a aprovação de emergência em diversos países e ser aplicada nos cidadãos dos países que a aprovarem.

O objetivo da ilha é produzir 100 milhões de doses das suas próprias vacinas em 2021, o suficiente para vacinar os seus 11,3 milhões de habitantes e iniciar negociações com outros países ou mecanismos do mundo interessados ​​em adquirir esta vacina.

No final de fevereiro, Cuba anunciou que também está a produzir em larga escala a vacina candidata Abdala, para obter o número de doses necessárias para a realização do ensaio clínico de fase 3.

A farmacêutica BioCubaFarma informou que o imunizador Abdala demonstrou segurança e imunogenicidade contra o coronavírus. Entretanto, Cuba também anunciou na última quinta-feira uma nova vacina candidata que será apresentada à comunidade científica e que se juntará às outras já em desenvolvimento e produção na ilha.

A Soberana Plus, é o novo medicamento do Instituto Finlay e será criada para os pacientes convalescentes do vírus.

Cuba tem 56 566 infetados, 350 mortos e mais de 51 mil recuperados, segundoas informações do Worldometer, considerado um dos melhores sites de referência para acompanhar as estatísticas sobre o Covid-19.



Notícias relacionadas