Presidente do Peru reafirma combate à corrupção "até o último dia"

Martín Vizcarra defendeu as recentes mudanças que fez no seu gabinete ministerial, com o qual busca impulsionar o crescimento, a infraestrutura, a institucionalidade e a educação.

1360385
Presidente do Peru reafirma combate à corrupção "até o último dia"

AA - O presidente do Peru, Martín Vizcarra, defendeu no sábado as recentes mudanças que fez em seu gabinete ministerial, afirmando que elas impulsionarão o crescimento, a infraestrutura, a institucionalidade e a educação.

O governo peruano anunciou na quinta-feira passada a mudança de ministros da Justiça, Ana Teresa Revilla; de transportes e comunicações, Edmer Trujillo; e de Educação, Flor Pablo. 

Por sua parte, Juan Carlos Liu, ministro de Energia e Minas, renunciou após saber que havia escondido informações sobre os conselhos que sua empresa Conasac havia realizado com a Odebrecht, envolvido em um extenso caso de corrupção na América Latina.

O presidente fez a declaração neste sábado, enquanto inspecionava as obras de resgate arqueológico do projeto para expandir a fronteira agrícola Lomas de Ilo, onde foram encontrados vestígios antigos pertencentes a uma cultura que se estabeleceu no sul do Peru e no norte do Chile. 

No entanto, o presidente garantiu que as mudanças ministeriais foram decididas após uma avaliação com o presidente do Conselho de Ministros, Vicente Zevallos, com o objetivo de fortalecer o trabalho das quatro principais carteiras. 

Ele disse que as diretrizes de gestão e anticorrupção que formulou desde que assumiu a responsabilidade de liderar o país não mudarão.



Notícias relacionadas