Duque: Aliança do Pacífico reúne 40% do PIB na América Latina

O presidente colombiano ressaltou a importância de avançar no multilateralismo para transformar a região

Duque: Aliança do Pacífico reúne 40% do PIB na América Latina

AA - O presidente da Colômbia falou na sessão plenária da XIV Cúpula da Aliança do Pacífico, realizada neste sábado em Lima, Peru.

Destacou que entre os quatro países que compõem a aliança -Colômbia, México, Peru e Chile - eles reúnem cerca de 40% do PIB da região e mais de 30% do Investimento Estrangeiro Direto da América Latina.

"Em outras palavras, estamos representados aqui por países que têm relevância, transcendência, mas que vemos no multilateralismo e na integração, um veículo de transformação", afirmou o presidente colombiano.

Duque ressaltou que, nos oito anos de existência do bloco, houve progresso quanto mais comércio entre os países membros e maior investimento.Ele destacou diferentes desafios que ainda existem. Ele disse que a região deve promover uma economia de mercado com sentido social e "enxergar em crescimento com equidade, a solução efetiva para os problemas de nossos povos e, é claro, consolidar cadeias de valor".

Expressou que o crescimento econômico deve ser sustentável. "Construir o desenvolvimento à custa da destruição de nossos ecossistemas é realmente uma atitude perniciosa, que no final do dia sempre nos trará a conta ", disse.

Destacou o convite que a Aliança do Pacífico fez ao Equador para participar. "Essa aliança, sem o Equador, sempre nos deixou com uma espécie de aroma de órfão", disse Duque.

Além disso, reiterou a decisão da Colômbia de excluir o setor de lácteos nas negociações da Aliança do Pacífico com Estados associados. 

"Aqui não há insinuações, mas a defesa clara de um setor fundamental para o nosso país, especialmente nas áreas rurais, onde temos que fazer tantas transformações sociais", afirmou o presidente.

(Agência Anadolu)



Notícias relacionadas