Ministro e Vice-Ministro da Agricultura do Paraguai morrem em acidente de avião

Presidente do Paraguai, Horacio Cartes, declarou três dias de luto oficial pela morte do ministro da Agricultura, Luis Gneiting, e os outros três funcionários.

Ministro e Vice-Ministro da Agricultura do Paraguai morrem em acidente de avião

O presidente do Paraguai, Horacio Cartes, declarou três dias de luto oficial pela morte do ministro da Agricultura e Pecuária, Luis Gneiting, e os outros três funcionários que o acompanharam no avião que caiu na quarta-feira e foi localizado hoje.

Os mortos são, além de Gneiting, o vice-ministro da Pecuária, Vicente Ramírez; o piloto e exviceministro de Agricultura, Gerardo Lopez, e o co-piloto Luis Charotti.

"A Presidência da República manifesta as suas mais profundas condolências às famílias desses funcionários públicos que perderam a vida em um acidente aéreo fatal, depois de completar os seus serviços para o país na quarta-feira, 25 de julho na cidade de Ayolas" diz a declaração da presidência.

Cartes também postou uma mensagem em sua conta no Twitter em que ele expressou sua "profunda tristeza" pelas quatro mortes e transmitiu suas condolências a "seus parentes neste momento difícil".

A aeronave, modelo Baron BE58 propriedade do Ministério da Agricultura e Pecuária, decolou na tarde de quarta do Aeroporto de Ayolas, em Misiones, no sul do Paraguai, e não voltou a ter comunicação.

As equipes de resgate encontraram a aeronave esta manhã, a cerca de 8 quilômetros do ponto de partida.

As autoridades continuam a recuperação dos corpos e os restos do avião para determinar a causa do acidente. EFE



Notícias relacionadas