Ataques a mais de 30 ônibus no Brasil

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, afirmou na segunda-feira que a investigação sobre os responsáveis pelos incêndios é confidencial, mas está em um estado "muito avançado".

Ataques a mais de 30 ônibus no Brasil

A mídia local brasileira informou que a organização criminosa Primero Comando Capital (PCC) ordenou mais de 30 ataques simultâneos em cidades nos estados de Minas Gerais e Rio Grande do Norte entre domingo e segunda-feira.

Nos últimos dois dias, mais de 30 ônibus foram queimados em 17 cidades de Minas Gerais e pelo menos um ônibus foi queimado na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte, segundo a imprensa local.

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, disse na segunda-feira que a investigação sobre os responsáveis ​​pelos incêndios é confidencial, mas está em um estado "muito avançado".

Pimentel disse que as entidades policiais estão sendo reforçadas nas cidades e nas linhas de ônibus.

O número total de membros do PCC no país é superior a 30 mil, segundo o jornal Estadão. Os estados do Paraná e do Ceará concentrariam o maior número de membros do grupo criminoso.

O jornal Estadão também mencionou que documentos obtidos pelas autoridades brasileiras mostram a consolidação do PCC no crime internacional. A organização também teria membros na Colômbia, Paraguai, Bolívia, Peru e Guiana, segundo a imprensa brasileira.



Notícias relacionadas