Santos elogia o papel da Turquia na gestão da situação dos refugiados

O presidente colombiano disse que a Colômbia está a falar com a ONU para determinar qual a “instituição adequada” para gerir a situação.

Santos elogia o papel da Turquia na gestão da situação dos refugiados

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, assegurou que a chegada de venezuelanos ao seu país é “talvez o problema mais sério” da Colômbia e disse que está disposto a receber ajuda humanitária internacional para enfrentar a situação.

“Os migrantes que chegam ao nosso país são talvez o problema mais sério que temos neste momento” – afirmou o presidente colombiano – que acrescentou ainda “a Colômbia conseguiu gerir a situação até agora, mas todos os dias chegam mais venezuelanos ao país e por isso há mais pressão financeira e a capacidade do estado para absorver tanta gente está a diminuir.

Estamos prontos para receber ajuda internacional, porque o próprio secretário geral da ONU (António Guterres), na sua recente visita à Colômbia, disse que está situação vai crescer e requer um esforço de todo o mundo, há medida que o número de pessoas cresce exponencialmente”.

O presidente colombiano disse que a Colômbia está a falar com a ONU para determinar qual a “instituição adequada” para gerir a situação, pois o seu país nunca viveu esta situação.

“É um problema que queremos gerir da melhor forma possível, estamos a aprender. Enviámos missões a outros países, como por exemplo a Turquia, para aprendermos como eles lidaram com os refugiados sírios” – afirmou Santos.

Diariamente, uma média de 37 mil venezuelanos entra na Colômbia. Alguns para ficar permanentemente, outros para comprar comida e medicamentos.



Notícias relacionadas