África toma novas medidas para se proteger do Covid-19

Até agora, o novo coronavírus já matou 747 pessoas nos países africanos

1397395
África toma novas medidas para se proteger do Covid-19

Os países africanos, afetados pela epidemia do novo coronavírus (Covid-19), que surgiu na cidade de Wuhan, na província chinesa de Hubei, começaram a tomar novas medidas para proteger seus cidadãos.

A República da África do Sul anunciou que evacuou 136 cidadãos da Nigéria.

Os cidadãos sul-africanos evacuados foram transportados para a cidade de Yohannesburg e foram colocados em quarentena.

Por sua vez, o Conselho Supremo da Nigéria para Assuntos Islâmicos (NSCIA) reagiu à reabertura de mesquitas e igrejas em algumas províncias que foram fechadas devido ao surto.

"As mesquitas na Arábia Saudita e no Vaticano estão fechadas. Com o nome de Allah Todo-Poderoso, pedimos aos nigerianos que fiquem em casa. O Covid-19 não faz distinção entre muçulmanos ou cristãos ", afirmou.

O governo do Níger tornou obrigatório o uso de máscaras na capital Niamey.

Na África, 747 pessoas morreram e mais de 13.000 outras foram infectadas com o Covid-19.



Notícias relacionadas