Burkina Faso: ataque em uma igreja deixa 24 mortos por ataque

Homens armados não identificados atacaram uma igreja na província de Yagha, na região do Sahel. Até agora, existem 18 feridos

1361229
Burkina Faso: ataque em uma igreja deixa 24 mortos por ataque

AA - Pelo menos 24 pessoas morreram e outras 18 ficaram feridas depois que homens armados atacaram uma igreja no norte de Burkina Faso, disse o governador da região na segunda-feira.

"O número de mortes provisórias mostra que 24 pessoas foram assassinadas, incluindo o pastor de uma igreja protestante. 

Também condenamos as 18 pessoas feridas e sequestradas", expressou o coronel Salfo Kabore, governador da região do Sahel, citado pela mídia local.

Homens armados não identificados atacaram a igreja na província de Yagha, na região do Sahel, durante uma cerimônia religiosa no domingo.

"Os feridos foram evacuados para Sebba e Dori para receber os devidos cuidados", acrescentou Kabore.

Burkina Faso está testemunhando uma emergência humanitária em rápida deterioração devido à luta contra o terrorismo.

Em outubro de 2019, foram registradas mais de 486.000 pessoas deslocadas internamente, mais do que o dobro de julho de 2019. 

As regiões Centro-Norte e Sahel de Burkina Faso são as mais afetadas, de acordo com o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários .

O estado de emergência no norte do país, que terminou em 12 de janeiro, foi prorrogado por mais um ano para impulsionar a luta contra o terrorismo. 

Atualmente, está sendo implementado em sete das 13 regiões do país.



Notícias relacionadas