Líbia: depois do ataque no aeroporto de Trípoli, foram retomados os voos

Os vôos foram suspensos depois das forças leais ao comandante Khalifa Haftar terem atacado o aeroporto com rockets.

Líbia: depois do ataque no aeroporto de Trípoli, foram retomados os voos

AA - Na quinta-feira foram retomados os vôos no Aeroporto Internacional de Mitiga, em Trípoli, depois das operações terem sido suspensas quando forças leais ao comandante Khalifa Haftar atacaram o complexo com rockets.
Hisham Abu Shakwat, o vice-ministro dos Transportes do Governo de Acordo Nacional da Líbia (GNA), disse através de um comunicado que o tráfego aéreo voltou ao normal.
Mustafa Al-Mujie, o porta voz da Operação Vulcão de Fúria - uma campanha militar lançada pelas forças do governo - confirmou à Agência Anadolu que as milícias pró-Haftar dispararam foguetes. O porta voz acrescentou que os disparos aleatórios das forças leais a Haftar causaram a morte de uma mulher e feriram muitas mais pessoas.
O ataque foi realizado um dia depois do Conselho de Segurança das Nações Unidas ter aprovado uma resolução pedindo um "cessar fogo duradouro" no país.
As forças de Haftar, sediadas no leste da Líbia, lançaram uma campanha em abril passado para capturar Trípoli das mãos do GNA - o governo reconhecido pelas Nações Unidas - mas não conseguiram ir para além dos subúrbios da cidade.

Segundo a ONU, mais de mil pessoas foram mortas desde o início da operação militar de Haftar e mais de 5 mil foram feridas (AA).



Notícias relacionadas