Sarraj: “É preciso parar com as Intervenções externas e negativas na Líbia”

Sarraj, o primeiro ministro do Governo de Acordo Nacional Líbia, reuniu-se em Trípoli com o ministro das Relações Exteriores de Itália, Luigi Di Maio.

Sarraj: “É preciso parar com as Intervenções externas e negativas na Líbia”

Fayez al Sarraj, o primeiro ministro do Governo de Acordo Nacional, reuniu-se com o ministro das Relações Exteriores de Itália, Luigi Di Maio, em Trípoli, e apelou à comunidade internacional que ponha fim às intervenções externas negativas e que faça com que Khalifa Haftar - o líder da forças armadas ilegítimas no leste do país – respeitem as decisões tomadas na Conferência de Berlim.

Durante a reunião, foram abordados o encerramento dos campos de petróleo por parte dos milicianos de Haftar, as formas de combater a sua influência destrutiva e a coordenação comum, para impedir a imigração ilegal.

Sarraj disse também durante a reunião que a comunidade internacional deve mostrar uma forte posição, para pôr fim às intervenções externas negativas e que Khalifa Haftar - o líder das forças armadas ilegítimas do leste do país – respeite as decisões tomadas na Conferência de Berlim. Se não houver posição determinada nesta questão, continuarão as violações e o fluxo de armas – considera Sarraj.

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Di Maio, reiterou o apoio de Roma ao governo legítimo e manifestou a sua solidariedade com o povo líbio. Di Maio disse também que apoia totalmente o processo político para resolver a crise na Líbia e as decisões da Conferência de Berlim.

As partes em conflito na Líbia e a comunidade internacional participaram, a 19 de janeiro, na Conferência da Líbia em Berlim, para apelar ao diálogo e ao cessar fogo.


Etiquetas: Haftar , Itália , Sarraj , Líbia

Notícias relacionadas