Forças de Haftar ameaçam "abater aviões civis que sobrevoem Trípoli"

As milícias deHaftar atacaram o aeroporto de Trípoli com 6 mísseis Grad, apesar do cessar-fogo em vigor.

Forças de Haftar ameaçam "abater aviões civis que sobrevoem Trípoli"

O porta-voz do grupo armado chamado "Exército Nacional da Líbia", liderado por Haftar, Ahmed al-Mismari, anunciou uma zona de proibição de voos ao longo de uma área que se estende da cidade de Gharyan (a 120 km de Trípoli), até a cidade de Tarhuna na costa de Trípoli, que inclui o aeroporto de Mitiga.

“Todos os aviões comerciais e militares naquela área, que inclui o Aeroporto de Mitiga - o único ponto de contacto da capital com o mundo - serão considerados um “alvo legítimo”, e a força aérea e os sistemas de defesa antiaérea começaram a implementar a ordem de proibir os voos nessa zona”, disse o porta-voz.

As milícias Haftar atacaram o aeroporto de Trípoli com 6 mísseis Grad, apesar do cessar-fogo em vigor. Os vôos foram cancelados após o ataque, mas os aviões já no ar puderam aterrar mais tarde tarde.

Na conferência sobre a Líbia em Berlim, a 19 de janeiro, fizeram-se apelos às partes em conflito para que implementem um cessar fogo.



Notícias relacionadas