Marinha turca observa manobras militares no Mar Arábico e no Oceano Índico

A TCG Gökçeada planeja parar nos portos de Porto Sudão, Djibuti, Doha, Manama, Kuwait, Salalah e Akabe.

Marinha turca observa manobras militares no Mar Arábico e no Oceano Índico

As unidades da Força Naval da Turquia participam da manobra AMAN-2019 sob o exército do Paquistão no Mar da Arábia e no Oceano Índico, entre 8 e 12 de fevereiro.

Além disso, são apresentados elementos das marinhas dos Estados Unidos, do Reino Unido, da China, da Austrália, da Indonésia, do Sri Lanka, da Malásia e de Omã.

O programa de simulação inclui treinamento de tiros no mar, inspeção marinha, busca e resgate e combate à pirataria, a fim de fortalecer a cooperação e a operacionalidade entre as marinhas dos países participantes e contribuir para a paz e a estabilidade. As atividades dos observadores selecionados serão exercidas no dia 12 de fevereiro, terça-feira.

A marinha turca ajuda com a fragata TCG Gökçeada, uma equipe SAS, uma equipe multinacional de treinamento móvel para a segurança naval e seus oficiais de quartel (a Marinha participou das simulações da AMAN em 2007, 2009, 2011, 2013 e 2017). Após a AMAN-2019, a Turquia realizará a manobra do TURGUTREIS-3 com o Paquistão.

A TCG Gökçeada planeja parar nos portos de Porto Sudão, Djibuti, Doha, Manama, Kuwait, Salalah e Akabe para contribuir com as relações bilaterais e a visibilidade da marinha turca.

O navio turco apoiará a Força Missão Conjunta CTF-151 no âmbito da "Operação de Combate à Pirataria Naval" no Mar Vermelho, no Golfo de Áden, no Mar da Arábia, no Golfo Pérsico e no Oceano Índico.



Notícias relacionadas