“O veterano Mustafa Kemal Ataturk é o símbolo da salvação da nação turca”

O presidente Erdogan discursou na cerimónia que teve lugar no Centro de Congressos e Cultura da Nação, em Bestepe, no 79º aniversário da morte do grande líder Ataturk.

“O veterano Mustafa Kemal Ataturk é o símbolo da salvação da nação turca”

O presidente Erdogan discursou na cerimónia que teve lugar no Centro de Congressos e Cultura da Nação, em Bestepe, no 79º aniversário da morte do fundador da República da Turquia, Mustafa Kemal Ataturk. Durante essa cerimónia, Erdogan afirmou que “o veterano Mustafa Kemal Ataturk é o símbolo da salvação da nação turca”.

Erdogan disse também que durante o período problemático do século passado, todos os países criaram os seus líderes de acordo com o seu carácter, e que procuraram a salvação sob a sua liderança: “Muito poucos destes líderes puderam dar aos seus países as vitórias desejadas, juntamente com os êxitos desejados. Sem dúvida que Ataturk foi um dos líderes que o conseguiu”.

Erdogan referiu-se também à importância dada por Ataturk à geografia do coração e disse que este património deve ser preservado. O presidente Erdogan disse ainda que é impossível pensar no Misak-i Milli (as fronteiras da nação), declaradas em 1 920, e em que foram definidas as fronteiras dessa geografia do coração, sem pensar no que acontece agora na Síria e no Iraque. O presidente turco acrescentou também que “devemos mais uma vez proteger as nossas fronteiras nacionais. Se violarem as nossas fronteiras nacionais, nomeadamente a nossa fronteira sul, se houver ataques ao nosso país a partir dessa fronteira, não nos podemos dar ao luxo de os deixar fazer isso”.

O presidente Erdogan chamou a atenção para o corredor de terrorismo que se está a tentar criar através das iniciativas de forças externas, na região norte da Síria: “não vamos permitir as iniciativas daqueles que querem incluir o nosso país no processo de divisão da nossa região, peça à peça, recorrendo ao fogo e à dor”.

Erdogan salientou ainda as iniciativas destas forças externas para dividir a região do Médio Oriente: “Recentemente, consumiram o material que com tanto esforço usaram contra nós. E dessa forma foram desmascarados. Foram revelados os objetivos e os atores do ataque com recurso ao terrorismo, que estão a tentar criar ao longo das nossas fronteiras. Já existem diferentes oportunidades e horizontes para a Turquia, que conseguiu pôr fim a um bom número de jogos contra nós”.



Notícias relacionadas