Reações externas ao ataque terrorista em Suruç

Os Estados Unidos, França, Rússia, Paquistão, Catar e Egito reagiram ao ataque terrorista de ontem na cidade turca de Suruç, em Şanlıurfa.

Reações externas ao ataque terrorista em Suruç

Secretário-Geral Ban Ki-moon condenou o ataque covarde dizendo que não há nenhuma desculpa para atacar civis.

A NATO e a União Europeia também condenaram o ataque terrorista em Suruç.

O porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby, disse que o governo dos EUA condenou veementemente o ataque terrorista na Turquia, exprimindo as suas condolências aos familiares das vítimas e rápida recuperação aos feridos.

Recordando que a Turquia é um importante membro da NATO e um parceiro importante na luta contra a organização terrorista Estado Islâmico, Kirby disse que os Estados Unidos continuarão a estar em solidariedade com a Turquia.

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, também disse que os EUA condenam o ataque covarde na Turquia.

O chefe de Estado russo Vladimir Putin emitiu uma mensagem de condolências na sequência do ataque terrorista e indicou que a comunidade internacional deve organizar-se contra o terrorismo.

O ministro francês dos negócios estrangeiros, Laurent Fabius, também emitiu uma declaração em que condenou o ataque terrorista, como também fizeram o Paquistão, Catar e Egito.


Etiquetas:

Notícias relacionadas