Revista de Imprensa Turca: 11.02.2019

Aqui ficam alguns dos temas hoje em destaque nos principais jornais da Turquia:

Revista de Imprensa Turca: 11.02.2019

Haber Turk: “Começou o projeto do novo Centro Cultural de Ataturk”

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, discursou na cerimónia de início da construção do novo Centro Cultural de Ataturk, na Praça de Taksim em Istambul. O presidente turco que está a ser dado um passo importante, que irá abrir uma nova era na vida cultural e artística da Turquia.

Durante a cerimónia de ontem, Erdogan disse que o novo Centro Cultural de Ataturk (AKM, na sua sigla em turco), será composto por 5 blocos diferentes, ao longo de um espaço coberto de 95 600 metros quadrados: “Depois de terminarmos a construção do Centro Cultural de Ataturk dentro de dois anos, vamos pô-lo ao serviço dos amantes da arte e dos nossos artistas”.

 

Vatan: “Mega parceria entre a Turquia e a Rússia, coloca em cima da mesa alternativas como Istambul e Antalya”

Foram revelados os detalhes da universidade comum turco-russa. Durante a próxima reunião entre os presidentes Recep Tayyip Erdogan e o seu homólogo russo Vladimir Putin, que irá ter lugar em abril na Rússia, espera-se que a questão da universidade comum turco-russa seja abordada. Entre as opções em cima da mesa para a sede desta universidade comum, estão as cidades turcas de Istambul e Antalya.

 

Hurriyet: “Aeroportos de Istambul transportaram quase 8 milhões de passageiros”

Os aeroportos de Ataturk e Sabiha Gokçen, em Istambul, registaram em janeiro um aumento de 1 068 voos em relação ao mesmo mês do ano passado, para um total de 56 420 voos domésticos e internacionais. No total das partidas e chegadas, os aeroportos de Istambul transportaram 7 968 882 passageiros.

 

Star: “As exportações de frutos secos atingiram os 1 388 milhões de dólares”

As exportações turcas de frutos secos subiram 8,5% em 2 018, subindo de 1 279 milhões de dólares para um total de 1 388 milhões de dólares. A Alemanha foi o principal comprador dos frutos secos turcos, com compras de 178 milhões de dólares. Na segunda posição surgiu o Reino Unido com 164 milhões de dólares. A Itália foi o terceiro maior comprador de frutos secos turcos, com compras de 102 milhões de dólares. No total, a Turquia exportou frutos secos para 143 países no ano passado.

 

Yeni Safak: “O objetivo dos produtores de flores é exportar para 85 países em 2 019”

O setor turco da floricultura, na área das flores de corte, realizou exportações de 100 milhões de dólares no ano passado. Este ano, o objetivo é chegar aos 125 milhões de dólares de exportações, com clientes em 85 países.

Ismail Yilmaz, o presidente da União dos Exportadores de Plantas de Decoração e Produtos Similares do Centro da Anatólia, chamou a atenção para o aumento importante da quota de mercado registada pelo Uzbequistão, nos mercados mais importantes da Turquia que são a Holanda e o Reino Unido.



Notícias relacionadas