Revista de Imprensa Turca: 13.11.2018

Aqui ficam alguns dos temas hoje em destaque nos jornais da referência da Turquia:

Revista de Imprensa Turca: 13.11.2018

Vatan: “Soylu falou sobre a decisão dos Estados Unidos acerca dos cabecilhas do PKK”

O ministro turco do Interior, Suleyman Soylu, disse que “o nosso parceiro estratégico está a fazer planos para ficar com 25% do petróleo capturado pelo PKK no Iraque e na Síria, ao mesmo tempo que inclui terroristas na lista dos mais procurados. Isto é uma hipocrisia e uma falta de honestidade. Sabemos onde, quando e com quem colaboram os Estados Unidos”.

 

Star: “Defesa: 38 terroristas neutralizados”

O Ministério da Defesa Nacional da Turquia anunciou que foi executada uma operação durante os dias 10 a 12 de novembro nas regiões de Zap, Avashin Basian, Gara, Jakurk e Haftanin, no norte do Iraque.

“Foram destruídos armazéns, armas e refúgios do grupo terrorista. Foram neutralizados 38 terroristas”.

 

Sabah: “Automóvel nacional vai ser produzido em 2 019”

Mustafa Varank, o ministro turco da Indústria, disse que o protótipo do automóvel nacional poderá estar concluído em 2 019: “O projeto do automóvel turco será a referencia para a transformação da indústria turca e um farol para o desenvolvimento tecnológico. Queremos aumentar de forma integrada a nossa quota no mercado internacional e a quantidade de produtos que incorporam alta e média tecnologia”.

 

Hurriyet: “A Turquia é o destino mais popular de turismo de saúde na Ucrânia”

Os ucranianos vêm à Turquia para serem tratados a doenças como cancro ou problemas ortopédicos. Com os novos bilhetes de identidade, os cidadãos de ambos os países podem entrar e sair dos respetivos países sem vistos, por um período até 90 dias.

 

Yeni Safak: “Os japoneses adoram a galinha turca”

A galinha produzida em Bursa é a preferida dos japoneses. Uma delegação japonesa veio até esta província turca para inspecionar as unidades de produção. O Japão fez encomendas de 600 mil toneladas de frango. Numa primeira etapa serão fornecidas pela Turquia 500 toneladas.



Notícias relacionadas