Austrália e França assinam um acordo de defesa

É um acordo para a construção de submarinos de ataque.

Austrália e França assinam um acordo de defesa

Austrália e França assinaram um acordo de defesa de 50 bilhões de dólares.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, declarou que o acordo para a construção de 12 submarinos de um valor de 50 bilhões de dólares para a Marinha Real foi assinado.

Morrison fez uma declaração no site do Primeiro Ministério sobre o Acordo de Parceria Estratégica assinado para a construção de 12 novos submarinos de geração com a empresa francesa Naval Group, que venceu o concurso há quatro anos.

O acordo foi assinado pelo ministro da Defesa, Christopher Pyne, em nome da Austrália, e pelo ministro das Forças Armadas, Florence Parly, em nome da França. Morrison também esteve presente na cerimônia de assinatura realizada na capital australiana de Canberra e descreveu o acordo como um "plano muito ousado".

Submarinos de ataque custarão 50 bilhões de dólares, disse Morrison.

"Os submarinos ajudarão a segurança e a proteção da Austrália por dezenas de anos e aprofundarão o relacionamento de defesa entre a Austrália e a França."

Eles estão determinados a aumentar a participação da indústria local na construção dos submarinos até o nível máximo, disse o primeiro-ministro. O primeiro submarino chamado HMAS Attack será entregue em 2030.



Notícias relacionadas