Protesto na Bélgica contra a Arábia Saudita

Cerca de cem pessoas protestaram apoio saudita à guerra no Iêmen

Protesto na Bélgica contra a Arábia Saudita

As associações iemenitas se reuniram em frente da Embaixada da Arábia Saudita na Bélgica para mostrar a sua oposição à guerra no Iêmen auspiciada pelo país asiático.

A manifestação contou com a participação de cerca de cem pessoas.

Os slogans de protesto como "solidariedade com o povo do Iêmen" eram cantados, "A Arábia Saudita é um assassino" e "A Arábia Saudita é um terrorista."

O protesto, em que cartazes e banners em que eram lidos "Que cesse o massacre no Iêmen ", "Israel mata palestinos e a Arábia Saudita os iemenitas", durou cerca de duas horas.

No Iêmen se vive uma das mais sérias crises de fome e crise humanitária do século passado pela guerra civil que eclodiu cerca de 4 anos. 22,2 milhões de civis precisam de ajuda humanitária e proteção no país, com uma população de 29 milhões de habitantes.

No Iêmen, onde a instabilidade política se vive por muito tempo, os hutíes, que deram um golpe na administração legal, mantém sob seu controle a capital Saná e algumas regiões desde setembro de 2014. Conflitos entre o exército e os hutíes são vividos em várias cidades do país.

As forças de coalizão lideradas pela Arábia Saudita apóiam o governo do Iêmen desde março de 2015.



Notícias relacionadas