Reino Unido e Alemanha alertam sobre catástrofe humanitária em Idlib

"O Reino Unido apóia tentativas diplomáticas da Turquia e da ONU para impedir um massacre em Idlib"

Reino Unido e Alemanha alertam sobre catástrofe humanitária em Idlib

O secretário de Estado britânico para o Oriente Médio, Alistair Burt, que respondeu aos membros da Câmara dos Comuns do Parlamento sobre Idlib, declarou-se "extremamente preocupado com a operação militar da Rússia e da Síria, que arrisca a vida dos cerca de 3 milhões de refugiados".

"O Reino Unido apóia tentativas diplomáticas da Turquia e da ONU para impedir um massacre em Idlib. Estamos em contato com as autoridades turcas. É deplorável que a Rússia e o Irã rejeitem o chamado de cessar-fogo reiterado pelo Presidente Erdogan na cúpula de Teerã em 6 de setembro.

"A Rússia e o Irã rejeitaram pedidos semelhantes da Inglaterra no Conselho de Segurança da ONU. Pedimos a eles que se abstenham de uma catástrofe humanitária e reconsiderem suas ações".

Burt anunciou que Londres agirá prontamente se a Síria usar armas químicas. "A Rússia deve acabar com seu apoio destrutivo para a operação militar do regime e apoiar uma solução política".

Por outro lado, o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas, disse que está observando com preocupação o que está acontecendo em Idlib. "Nossa agenda é evitar a catástrofe humanitária".


Etiquetas: Reino Unido , Alemanha , Idlib

Notícias relacionadas