"A decisão dos EUA de fechar o escritório da OLP é preocupante"

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hami Aksoy, descreveu hoje a decisão como "o índice de que os EUA perderam sua imparcialidade no processo de paz no Oriente Médio".

"A decisão dos EUA de fechar o escritório da OLP é preocupante"

A Turquia reagiu contra a decisão de Washington de fechar o escritório da Organização de Libertação da Palestina (OLP).

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hami Aksoy , descreveu a decisão como "o índice de que os EUA perderam sua imparcialidade no processo de paz no Oriente Médio".

O porta-voz respondeu por escrito a uma pergunta sobre o fechamento da representação da OLP na capital dos EUA.

"A decisão dos EUA é preocupante e não servirá a nenhum outro propósito além de encorajar tentativas de destruir a visão de uma solução de dois estados. A Turquia continuará apoiando o povo palestino e apoiando estudos internacionais para uma solução justa e permanente para o problema", disse ele.

A porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Naurt, anunciou a decisão desta maneira: "O governo decide fechar o escritório da OLP em Washington por causa das preocupações do Congresso."



Notícias relacionadas