"Não temos problema com o líder do regime sírio Bashar Asad"

O primeiro-ministro israelense Netanyahu discursou em Moscou.

"Não temos problema com o líder do regime sírio Bashar Asad"

A mídia israelense declarou que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, referindo-se aos últimos desenvolvimentos, fez avaliações em Moscou durante sua visita à Rússia. Netanyahu alegou que seu país não quer intervir nos assuntos internos da Síria e não houve nenhuma iniciativa desta forma no passado.

Netanyahu, culpando o ataque a três alvos militares do regime sírio depois da violação do espaço aéreo de Israel por um avião sem piloto ontem, enfatizou que seu país continuará a proteger as fronteiras israelenses. Netanyahu disse que eles não têm um problema com o regime de Assad e nem uma única bala da Síria foi disparada nas colinas de Golan que foram ocupadas por mais de 40 anos, ele disse: "Israel não se opõe à presença do Regime de Assad na Síria". Mas Israel continuará a proteger suas fronteiras contra qualquer tipo de violação, independentemente de quem seja o perpetrador, incluindo o exército do regime."



Notícias relacionadas