A ONU dá sinal verde para a proteção do povo palestino

O projeto foi aprovado com 120 votos a favor. 8 países deram voto de censura

A ONU dá sinal verde para a proteção do povo palestino

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) deu o sinal verde para o projeto de resolução solicitando proteção para o povo da Palestina.

Em uma sessão solene da Assembleia Geral realizada a pedido da Turquia e com o apoio da Argélia, o projeto vetado pelos Estados Unidos no Conselho de Segurança foi novamente debatido.

O projeto foi aprovado com 120 votos a favor. 8 países deram um voto de censura (EUA, Israel, Austrália, Ilhas Marshall, Nauru, Togo, Ilhas Salomão, Estados Federados da Micronésia), outros 45 se abstiveram.

A proposta dos EUA sobre a emenda de condenação do Hamas foi rejeitada.

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, descreveu como "uma vitória para a justiça internacional" a ratificação do referido projeto.

A resolução pede ao Secretário-Geral da ONU um relatório contendo o que deve ser feito para a segurança dos civis dentro de 60 dias; Pede-se a Israel que pare o uso desproporcional da força e retire o bloqueio dos palestinos.

O projeto se refere aos atos de violência que continuam aumentando desde 30 de março. "Crianças, profissionais de saúde e jornalistas estão sujeitos à violência israelense", disse.

A Human Rights Watch emitiu uma importante advertência a Israel dizendo que "o uso desproporcional da força que tira a vida dos manifestantes em Gaza pode ser um crime de guerra".



Notícias relacionadas