Protesto nos EUA contra as mentiras armênias

Turcos e azeris em Chicago protestaram contra as alegações sobre os incidentes de 1915 dos armênios

Protesto nos EUA contra as mentiras armênias

Um grupo de turcos e azerbaijanos que viviam nos EUA organizaram um protesto na cidade americana de Chicago contra as alegações dos armênios sobre os incidentes de 1915.

"Nenhuma mentira armênia" foi o título do protesto organizado na Praça Tribune Tower, na rua Michigan.

Os participantes nos protestos levaram bandeiras da Turquia, do Azerbaijão, da República Turca do Chipre do Norte e dos EUA.

Na manifestação, que por sua vez constituiu uma reação à manifestação dos armênios contra a Turquia, foram abertas faixas dizendo que "a Armênia viola os direitos internacionais" e "Não podem abrir os seus arquivos porque são baseados em mentiras".

Cantaram o Hino da Independência da Turquia e a Marcha de Izmir.

Estes foram os slogans que foram gritados: "A Turquia é a maior, não há outros", "Armênia mentirosa", "Nós não queremos ouvir mais mentiras armênias".

Também os estadunidenses da área circundante mostraram interesse no protesto.



Notícias relacionadas