O porto de Aden foi temporariamente aberto para os barcos de ajuda e comerciais

O Porto de Aden fechado temporariamente junto com todos os portões da fronteira há dois dias no Iêmen, foi aberto para navios comerciais e navios de ajuda humanitária

O porto de Aden foi temporariamente aberto para os barcos de ajuda e comerciais

O porto de Aden foi aberto para navios comerciais e navios de ajuda humanitária.

De acordo com informações obtidas de fontes locais, o Porto de Aden, na noite de terça-feira ante a ordem das forças da coalizão lideradas pela Arábia Saudita, foi aberto excepcionalmente para navios comerciais e aos navios de ajuda humanitária.

O Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários alertou que o fechamento dos portões de fronteira no Iêmen agravará ainda mais a situação humanitária em que o país se encontra.

Na noite de sábado, após o lançamento de mísseis balísticos do Iêmen para a capital da Arábia Saudita, Riade, na segunda-feira, a coalizão liderada pela Arábia Saudita decidiu fechar temporariamente os portões da fronteira no Iêmen.

No Iêmen, onde a instabilidade política tem acontecido há muito tempo, os Houthis que deram um golpe de estado na administração legítima e os apoiantes do presidente deposto, Ali Abdullah Saleh, que os apoiam, a partir de setembro de 2014 mantêm o controle de algumas áreas e na capital Sana. As forças da coalizão lideradas pela Arábia Saudita a partir de março de 2015 apóiam o governo do Iêmen.



Notícias relacionadas